top of page
  • Andrea Maia

Principais documentos utilizados na mediação

A mediação é uma abordagem eficiente para resolver disputas de maneira colaborativa, e a utilização adequada de documentos desempenha um papel crucial nesse processo.


Neste blog, exploraremos os principais documentos utilizados na mediação, desde a carta convite até o modelo de proposta do mediador, destacando sua importância para garantir a transparência, a confidencialidade e o sucesso das sessões de mediação.

Principais documentos utilizados na mediação


1. Carta Convite

A carta convite é o primeiro documento enviado às partes envolvidas, convidando-as a participar do processo de pré-mediação, onde serão mostrados os processos da natureza da mediação. Essa carta descreve alguns dos benefícios da mediação, explica o papel do mediador e esclarece as expectativas em relação ao procedimento. A carta convite é essencial para informar as partes sobre a opção da mediação e motivá-las a participar de forma voluntária.


2. Declaração de Abertura

A declaração de abertura é feita pelo mediador no início da primeira sessão de mediação. Nela, o mediador apresenta sua função, os princípios éticos da mediação e estabelece as regras de confidencialidade e imparcialidade. A declaração de abertura cria um ambiente seguro e confiável para as partes compartilharem suas preocupações e expectativas.


Essa declaração vem desde o início, incluindo os procedimentos que devem ser seguidos, como a recepção das partes e dos advogados, interação com as partes para tornar o diálogo mais recíproco, pontuando parte por parte de como este encontro deve ocorrer.


3. Checklist do Mediador

O checklist do mediador é uma ferramenta valiosa para garantir que todas as etapas importantes da mediação sejam cumpridas. Esse documento contém uma lista de verificação que o mediador utiliza para acompanhar o progresso do processo, desde a pré-mediação até o fechamento do processo, assegurando que todas as questões relevantes sejam abordadas e que as partes sejam ouvidas de maneira justa e equitativa, detalhando ao máximo cada etapa do processo.


A mediação precisa ser feita de maneira organizada para que a solução seja encontrada para ambas as partes.


4. Modelo de Proposta do Mediador

O modelo de proposta do mediador é apresentado pelo mediador às partes após a primeira sessão, descrevendo a estrutura do processo de mediação, as taxas envolvidas e os detalhes logísticos. Essa proposta esclarece as expectativas financeiras e logísticas da mediação, permitindo que as partes tomem uma decisão informada sobre a continuidade do processo.


A utilização adequada desses documentos é fundamental para o sucesso da mediação. Eles fornecem uma estrutura clara e organizada para o processo, garantindo que as partes envolvidas estejam cientes de suas responsabilidades e compromissos ao longo do caminho.


Ao adotar esses documentos como parte integrante da mediação, os mediadores estabelecem uma base sólida para a resolução colaborativa de conflitos, construindo uma jornada de entendimento mútuo e acordos duradouros. A transparência e a confidencialidade proporcionadas por esses documentos criam um ambiente de confiança, permitindo que as partes trabalhem juntas para encontrar soluções mutuamente satisfatórias e construir uma cultura de resolução pacífica de disputas.


O Mediar Master oferece, além das aulas de mediação, material complementar, incluindo o Kit do Mediador, que traz modelos prontos dos principais documentos de mediação. Saiba mais sobre o Mediar Master.


31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page